Endividamento

Famílias brasileiras começam 2019 menos endividadas, aponta CNC

Texto: Redação Revista Anamaco

O percentual de famílias brasileiras que apresentam algum tipo de dívida registrou 60,1% em janeiro, segundo os dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Esse valor representa uma queda em relação aos 61,3% apurados no mesmo mês de 2017.
O total de inadimplentes - os que possuem dívidas ou contas em atraso - também caiu em relação a janeiro de 2018, registrando 22,9% neste mês em comparação aos 25,0% do período anterior. Da mesma forma, também diminuiu o volume de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas, passando de 9,5% em janeiro do ano passado para 9,1% agora.
Apesar das quedas nas comparações anuais, houve um leve aumento do endividamento em relação a dezembro de 2018, quando o percentual esteve em 59,8%, e do total de inadimplentes, que estava em 22,8%, em dezembro. O desempenho mensal, na análise da entidade, não compromete a expectativa de evolução da economia.
Nesse contexto, o cartão de crédito continua sendo a principal fonte de dívidas dos brasileiros (78,4%). Carnês (14,0%) e financiamento de carro (9,7%) vêm logo em seguida.

Foto: Adobe Stock

 

Famílias brasileiras começam 2019 menos endividadas, aponta CNC
Compartilhe esse post:

Comentários