Percentual de endividados tem queda em fevereiro, mas inadimplência aumenta - Revista Anamaco

Endividamento

Percentual de endividados tem queda em fevereiro, mas inadimplência aumenta

Texto: Redação Revista Anamaco

Segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o percentual de famílias que relataram ter dívidas (cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro) alcançou 65,1% em fevereiro, o que representa recuo em relação aos 65,3% observados em janeiro, e aos 65,6% registrados em dezembro do ano passado. Houve alta, porém, em relação a fevereiro de 2019, quando o indicador alcançou 61,5%.
Nos índices de inadimplência, a proporção de famílias com dívidas ou contas em atraso aumentou em fevereiro, na comparação com o mês imediatamente anterior, passando de 23,8% para 24,1%, e teve alta também na comparação com fevereiro de 2019, quando totalizava 23,1%.
Já o percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes apresentou ligeira alta na comparação mensal, passando de 9,6% em janeiro  9,7% em fevereiro. O indicador havia alcançado 9,2% em fevereiro de 2019.
O cartão de crédito foi apontado como o principal tipo de dívida: 78,6%. Seguido por carnês (15,9%) e financiamento de veículos (10,7%).

Foto: Adobe Stock

Percentual de endividados tem queda em fevereiro, mas inadimplência aumenta
Compartilhe esse post:

Comentários