Black Friday

Varejo da construção não decepciona

Texto: Redação Revista Anamaco

A Cielo acaba de divulgar o Informativo Cielo E-commerce, com o balanço do faturamento nominal do comércio na sexta-feira (27 de novembro) de Black Friday no Brasil. De acordo com os dados apresentados, o varejo total registrou retração de 14,5% em relação ao desempenho do dia 29 de novembro do ano passado. Nesse contexto, as lojas físicas registraram queda de 25,5|% e, na contramão desse resultado, o canal e-commerce cresceu 21,2%.
No recorte por regiões, os Estados do Norte foram os que registraram a queda menor no faturamento: 10,2%. Em contrapartida, o Sudeste amargou a maior retração: 31,1%. Os demais desempenhos, também de desaceleração, foram: Nordeste (21,8), Sul (21,4%) Centro-Oeste (13,3).
O segmento de material de construção que, desde maio, traçou uma trajetória de alta, não decepcionou. Na última sexta-feira, o faturamento - considerando a performance das lojas físicas e digitais - foi 9,9% superior em relação ao mesmo dia de Black Friday em 2019.

Foto: Adobe Stock

 

 

 

 

Varejo da construção não decepciona
Compartilhe esse post:

Comentários